EIMAD Logo white

O EIMAD é um evento dedicado à discussão científica nas áreas do Design e da Música. Tem revisão paritária cega (peer blind review).

<We_can_help/>

What are you looking for?

<Good_things_happen/> Welcome to Conference

Follow us

Image Alt

Sabine Junginger

BIOGRAFIA

Sabine Junginger (PhD) é uma perita nos princípios, métodos e processos do design centrado no ser humano. A sua investigação sobre teorias e práticas de design relevantes para organizações públicas e privadas é reconhecida internacionalmente. Além disso, ela explora a elaboração e implementação de políticas como actividades de design que são especialmente importantes para o sucesso na transformação digital.

O seu trabalho académico baseia-se nas suas carreiras anteriores em jornalismo, marketing e relações públicas. Antes de seguir uma formação em design, trabalhou como jornalista na imprensa escrita, com a Designworks/USA, uma empresa BMW em Newbury Park, Califórnia e Siemens Corporate Design em Munique, bem como com o German American Trade Center em Atlanta. Para este último, serviu também como ponto de comunicação dos EUA para o fabricante suíço Bodenschatz.

Actualmente, faz parte de vários conselhos editoriais e consultivos internacionais de organizações académicas, da sociedade civil e empresariais, incluindo os conselhos editoriais de Design Issues (MIT Press) e She Ji (Universidade Tongji), o Conselho Consultivo Internacional da Sociedade de Investigação em Design e o Comité de Investigação da Universidade Livre de Bozen-Bolzano (Itália), GovLab Áustria, o Fórum Europeu Alpbach, a Universidade Alemã de Ciências da Administração Pública, e Dataport. Ela é Presidente da Sociedade Alemã de Política para o Amanhã sem fins lucrativos, Co-Fundadora da Rede Suíça de Design de Serviços e tem recebido uma bolsa de estudo bianualmente renovável pela Escola Hertie em Berlim desde 2009.

A Prof. Dra. Junginger recebeu o seu Mestrado em Planeamento de Comunicação e Design de Informação e o seu Doutoramento em Design da renomada Escola de Design da Carnegie Mellon University, ambos sob a supervisão do Prof. A sua tese de mestrado combinou design de interacção e design de comunicação para desenvolver um sistema digital de busca de caminhos hospitalares centrado no paciente. A sua tese de doutoramento estendeu uma abordagem de design de interacção centrada no ser humano a problemas de mudança organizacional e de gestão. As suas posições académicas anteriores incluem Professor e membro fundador do grupo de investigação imaginação de designLancaster na Universidade de Lancaster (Reino Unido) e Professor Associado na Kolding School of Design (DK).

PASSANDO DAS PROBABILIDADES ÀS POSSIBILIDADES: COMO É QUE A NOVA BAUHAUS EUROPEIA NOS SERVIRÁ?

No passado, o design passou para o centro do palco quando as pessoas se aperceberam que os seus valores, crenças, normas e comportamentos existentes já não serviam as necessidades da sociedade e do indivíduo. Não foi por acaso que a Bauhaus original ofereceu uma educação de design rigorosa entre as incertezas da República de Weimar, nem que a Escola de Design de Ulm (HFG) forjou novas possibilidades para o futuro no rescaldo do regime nazi. Quando nada parece ser bem o que era e quando o status quo já não é sustentável, as formas como concebemos, planeamos, desenvolvemos, e entregamos novos caminhos ao desconhecido adquirem um novo significado. Passamos das probabilidades às possibilidades. O Novo Bauhaus Europeu também emerge no contexto de um Mundo VUCA recentemente experimentado – um mundo cheio de Volatilidade, incerteza (Uncertainty), Complexidade e Ambiguidade. Como é que esta iniciativa nos irá servir? Como irá preparar profissionais e investigadores de design para contribuir?