EIMAD Logo white

O EIMAD é um evento dedicado à discussão científica nas áreas do Design e da Música. Tem revisão paritária cega (peer blind review).

<We_can_help/>

What are you looking for?

<Good_things_happen/> Welcome to Conference

Follow us

Image Alt

PEDRO REBELO

Compositor, Performer e Artista Sonoro.
https://pedrorebelo.org/
BIOGRAFIA

Pedro Rebelo (Viseu 1972) é compositor, performer e artista sonoro, activo na área da música de câmara, instalação e improvisação. Doutorou-se pela Universidade de Edimburgo em 2002 onde investigou relações entre a música e a arquitectura.

Pedro tem iniciado projetos participativos com comunidades em Belfast, na favela da Maré, Rio de Janeiro e com comunidades ciganas em Portugal. Este trabalho tem resultado em exposições de arte sonora em espaços como o Metropolitan Arts Centre Belfast, Espaço Ecco em Brasília, Parque Lage, Museu da Maré no Rio de Janeiro e MAC Nitéroi, Golden Thread Gallery Belfast, Centro Cultural Português, Maputo, Museu Nacional de Grão Vasco, Witworth Gallery Manchester Jardins Efémeros, Viseu, Convento de São Francisco, Coimbra entre outros. Pedro tem música editada na MisoMusic, Creative Source Recordings, Crónica Electrónica e colaborou com músicos como Chris Brown, Mark Applebaum, Carlos Zingaro, Evan Parker e Pauline Oliveros e artistas como a Suzanne Lacy.

As suas publicações académicas reflectem a sua atitude perante o design e a composição articulando a prática criativa com um entendimento da cultura contemporânea e tecnologias emergentes. Pedro foi professor convidado na Stanford University (2007), professor visitante sénior na UFRJ, Brasil (2014) e investigador colaborador do INET-md, Universidade Nova, Lisboa. Teve posições de “music chair” de conferências internacionais tal como a ICMC 2008, SMC 2009 e ISMIR 2012 e foi ‘keynote’ na ANPPOM 2017, ISEA 2017, CCMMR 2016 and EMS 2013. Na Queen’s University Belfast, onde é professor catedrático em artes sonoras desde 2012, teve posições de director de educação, director de investigação e chefe de departamento e é atualmente diretor do Sonic Arts Research Centre. Em 2012 foi-lhe atribuído o prémio “Building Tomorrow’s Belfast” do Northern Bank. Foram-lhe recentemente atribuídas duas bolsas de investigação para projetos interdisciplinares incluindo “Sounding Conflict”, financiado pelo Research Council UK para investigar a relação entre som, música e situações de conflito. Áreas de investigação recentes incluem som imersivo e experiencias de escuta aumentadas.

SOM E MÚSICA POUCO DISCIPLINADORES: PENSAR ATRAVÉS DA EXPERIÊNCIA AUDITIVA

A palestra aborda algumas armadilhas associadas à noção de disciplina a partir da perspectiva da experiência de audição. A partir de exemplos de investigação e práticas artísticas de vários campos, pretendo abrir possibilidades de escuta que transversem o conhecimento e as convenções de prática no domínio do auricular. A palestra assume o termo “Som e Música” como um veículo para nos ajudar a pensar através de processos de indisciplina e descolonização da audição. Vou recorrer a práticas socialmente empenhadas para articular estratégias que desafiem as divisões disciplinares através da experiência vivida. Exemplos de práticas académicas e artísticas ilustram oportunidades de práticas indisciplinares e não-disciplinares no contexto de alguns dos desafios que enfrentamos hoje.